Em destaque (clicar no título):

receitas | bolinhos de laranja

Desde que começou a época das laranjas que tido esta receita marcada na TeleCulinária Especial Robot de Cozinha - 100 melhores receitas orig...

2013-12-29

receitas | esparguete ao alhinho com espinafres picantes

Se há receitas que adoro do Jamie Oliver, são as de massa. Acho que ninguém cria receitas de massa como ele e, além disso, são sempre todas extremamente simples. Só tenho um dos livros dele, penso que o primeiro de todos, Na Cozinha com Jamie Oliver, datado de 1999.
Esta receita vem na revista com as 200 melhores receitas do ano que está dividida pelas estações do ano e vem com sugestões originais e apelativas.
As quantidades desta receita são pensadas para 4 pessoas e a receita é excelente para a marmita e perfeita para participar no passatempo I Love Marmita.



2013-12-11

receitas | barras de cereais com mirtilos selvagens

Fiz mais barrinhas de cereais para poder ter um snack para meio da manhã (ou meio da tarde). As primeiras barrinhas de cereais caseiras que fiz foram barras de cereais com maçã e canela. Desta vez, quis variar os sabores e dar-lhes um toque selvagem. Por isso, usei mirtilos selvagens inteiros desidratados.



receitas | barras de cereais com maçã e canela

Resolvi-me a fazer barras de cereais caseiras para levar para o trabalho e ter um snack saudável para comer a meio da manhã ou a meio da tarde. Na pesquisa de receitas, encontrei esta da Joana do blog Palavras que enchem a barriga, onde a Joana explica as proporções que se devem respeitar para uma receita de sucesso: 50g de flocos (aveia, farelo de trigo, cevada, arroz ou espelta); 15g de frutos secos (nozes, pistáchios, amêndoas, pinhões, avelãs ou amendoins); 20g de sementes (sésamo, abóbora, girassol ou linhaça); 15g de frutas secas ou desidratadas (maçãs, côco, passas ou sultanas, etc.). Respeitando estas proporções, adicionei mel para unir os cereais e fiquei com tantas ideias para novas combinações!





2013-12-08

receitas | irish cream bundt • bundt de licor de whisky com ganache de chocolate

A 3ª edição da BundtMania é de tema livre e o bundt que escolhi vem do maravilho livro kiss my bundt que tem imensos bundts, cobertura e ainda dicas fantásticas para fazer bundts perfeitos.
Uma coisa que aprendi é que o bundt não é meramente um bolo normal que se faz numa forma própria para bundt. Um bundt é toda uma ciência e uma das dicas essenciais é os ingredientes estarem à temperatura ambiente. A forma também é bastante importante e, para este bundt, usei a minha nova favorita (para bundts): Heritage da Nordic Ware.
As medidas do livro estão todas em cups. Aborrece-me mas fui fiel à receita original, no que diz respeito aos ingredientes. Quanto à confecção, usei a mesma que se tem revelado um sucesso em experiências anteriores.



2013-12-01

receitas | pudim de três chocolates

Mais uma receita guardada há bastante tempo à espera da oportunidade perfeita para ser experimentada por aqui. Descobri esta receita no site da Thermomix España mas é uma receita do blog Cosas de Chari e só depois de ver o post é que tive a certeza que deveria logo ter tirado duas formas de pudim. Se tivesse olhado mais atentamente para as quantidades de cada porção, teria percebido logo! Enfim...
Portanto, se experimentarem preparem-se para utilizar, pelo menos, duas formas para pudim ou usar várias formas individuais. Preferia usar só uma porque aí teria a certeza de que as quantidades de cada camada estariam certíssimas e obteria o efeito desejado, assim fiz a olho rezando para que corra bem.
Entre cada camada tem que se esperar algum tempo para um final feliz. Caso contrário, os chocolates envolvem-se uns nos outros e fica um pudim de três chocolates mas todo misturado, ao invés das três camadas pretendidas.
(Já deu para perceber que foram muitas as peripécias ao aventurar-me neste pudim...)