Em destaque (clicar no título):

receitas | batido tarde de maçã

Adoro batidos e este tem sido o pequeno-almoço nos últimos tempos. Os anos e os quilos acumulados começam a pesar e está na altura de dar a ...

2013-12-29

receitas | esparguete ao alhinho com espinafres picantes

Se há receitas que adoro do Jamie Oliver, são as de massa. Acho que ninguém cria receitas de massa como ele e, além disso, são sempre todas extremamente simples. Só tenho um dos livros dele, penso que o primeiro de todos, Na Cozinha com Jamie Oliver, datado de 1999.
Esta receita vem na revista com as 200 melhores receitas do ano que está dividida pelas estações do ano e vem com sugestões originais e apelativas.
As quantidades desta receita são pensadas para 4 pessoas e a receita é excelente para a marmita e perfeita para participar no passatempo I Love Marmita.



receitas | panna cotta com molho de frutos vermelhos

A pensar na Passagem de Ano, resolvi preparar pana cotta com cuajada e molho de frutos vermelhos. A panna cotta é tradicionalmente preparada com folhas de gelatina mas como ainda tinha cuajada em casa, optei pela cuajada por gostar bastante da consistência e do sabor. Para a receita, baseei-me na receita da Alexandra.
Claro que não correu totalmente como eu gostava, coloquei a maior parte numa forma de silicone (lindíssima!) que ao desenformar escangalhou a panna cotta toda. Felizmente, coloquei parte em copinhos para servir em doses individuais e consegui tirar fotos.
A panna cotta ficou maravilhosa com uma forte sabor a baunilha e com o molho de frutos vermelhos a dar-lhe um ar festivo.


2013-12-15

receitas | compota de laranja • orange marmalede

Já a pensar nas prendas de Natal, lembrei-me de fazer, para oferecer, compota de laranja. Em anos anteriores, ofereci compota de abóbora com nozes e foi um sucesso. Este ano, resolvi variar porque a maioria das pessoas a quem irei oferecer gostam bastante das suas torradas, pela manhã, com compota de laranja. Ao pesquisar, encontrei esta receita de orange marmalade que, além de facílima, me pareceu deliciosa. Ainda encontrei outra, uma versão asiática da orange marmalade, a qual também deixo aqui à laia de sugestão.

Com esta compota, participo no passatempo Receitas com Glamour - Doces Momentos da Sidul. Se quiserem dar uma ajuda, votando na minha receita, fico agradecida.


2013-12-11

receitas | barras de cereais com mirtilos selvagens

Fiz mais barrinhas de cereais para poder ter um snack para meio da manhã (ou meio da tarde). As primeiras barrinhas de cereais caseiras que fiz foram barras de cereais com maçã e canela. Desta vez, quis variar os sabores e dar-lhes um toque selvagem. Por isso, usei mirtilos selvagens inteiros desidratados.



receitas | barras de cereais com maçã e canela

Resolvi-me a fazer barras de cereais caseiras para levar para o trabalho e ter um snack saudável para comer a meio da manhã ou a meio da tarde. Na pesquisa de receitas, encontrei esta da Joana do blog Palavras que enchem a barriga, onde a Joana explica as proporções que se devem respeitar para uma receita de sucesso: 50g de flocos (aveia, farelo de trigo, cevada, arroz ou espelta); 15g de frutos secos (nozes, pistáchios, amêndoas, pinhões, avelãs ou amendoins); 20g de sementes (sésamo, abóbora, girassol ou linhaça); 15g de frutas secas ou desidratadas (maçãs, côco, passas ou sultanas, etc.). Respeitando estas proporções, adicionei mel para unir os cereais e fiquei com tantas ideias para novas combinações!





2013-12-08

receitas | irish cream bundt • bundt de licor de whisky com ganache de chocolate

A 3ª edição da BundtMania é de tema livre e o bundt que escolhi vem do maravilho livro kiss my bundt que tem imensos bundts, cobertura e ainda dicas fantásticas para fazer bundts perfeitos.
Uma coisa que aprendi é que o bundt não é meramente um bolo normal que se faz numa forma própria para bundt. Um bundt é toda uma ciência e uma das dicas essenciais é os ingredientes estarem à temperatura ambiente. A forma também é bastante importante e, para este bundt, usei a minha nova favorita (para bundts): Heritage da Nordic Ware.
As medidas do livro estão todas em cups. Aborrece-me mas fui fiel à receita original, no que diz respeito aos ingredientes. Quanto à confecção, usei a mesma que se tem revelado um sucesso em experiências anteriores.



2013-12-01

receitas | pudim de três chocolates

Mais uma receita guardada há bastante tempo à espera da oportunidade perfeita para ser experimentada por aqui. Descobri esta receita no site da Thermomix España mas é uma receita do blog Cosas de Chari e só depois de ver o post é que tive a certeza que deveria logo ter tirado duas formas de pudim. Se tivesse olhado mais atentamente para as quantidades de cada porção, teria percebido logo! Enfim...
Portanto, se experimentarem preparem-se para utilizar, pelo menos, duas formas para pudim ou usar várias formas individuais. Preferia usar só uma porque aí teria a certeza de que as quantidades de cada camada estariam certíssimas e obteria o efeito desejado, assim fiz a olho rezando para que corra bem.
Entre cada camada tem que se esperar algum tempo para um final feliz. Caso contrário, os chocolates envolvem-se uns nos outros e fica um pudim de três chocolates mas todo misturado, ao invés das três camadas pretendidas.
(Já deu para perceber que foram muitas as peripécias ao aventurar-me neste pudim...)

2013-11-24

receitas | bolachas de manteiga de amendoim e chocolate

Um dos desafios nos quais gosto de participar é o Vamos Fazer Bolachas! por me obrigar a sair da minha zona de conforto. Ainda estou a aprender a fazer bolachas e, por isso, dedico-me às que são simples de moldar porque a experiência com os cortadores de bolachas e o dispara-biscoitos não foram as melhores.
Nesta edição de Novembro do desafio, o mote são bolachas para oferecer, pensando já no Natal. Baseei-me na receita da Alexandra do BimbExpress, à qual acrescentei uma tablete de chocolate negro e usei mistura de açúcares.



2013-11-23

receitas | panquecas integrais

Após uma semana cheia de afazeres que não me deixaram tempo para me dedicar a experiências na cozinha, chego a Sábado a pensar onde foi a semana que nem dei pelo tempo a passar. Os dias deviam ter, pelo menos, 30h para poder ter mais umas quantas horas por dia para mim. Entre as 8h de trabalho, mais quase 2h em transportes a caminho do trabalho e, claro, as horas de sono, resta sempre tão pouco tempo ao final do dia.
Aproveitei a manhã de Sábado para dormir as horas todas que não dormi durante a semana e ao acordar tarde apetece-me algo mais substancial para primeira refeição do dia. Ainda estive indecisa entre waffles e panquecas mas as panquecas ganharam devido à simplicidade de confecção. Na realidade, apetecia-me algo para poder provar o Doce de Leite da Casa da Prisca!
Baseei-me na receita de panquecas do Livro Base da Bimby e adicionei farinha de trigo integral para lhes dar um sabor mais interessante. Ainda estive para adicionar especiarias mas preferi algo com sabor bem simples para realçar o sabor do doce com que foram servidas.


2013-11-11

receitas | salada de bulgur com peru

Andava com imensa curiosidade de provar bulgur. Aliás, acho que já tinha provado numa das minhas viagens mas não tenho bem a certeza por ser bastante semelhante ao couscous. Bom, na ementa acho que dizia bulgur mas já foi há uns anos e não posso precisar. Adiante... apeteceu-me fazer um prato com bulgur! Lembrei-me de pesquisar no blog da Susana porque tinha uma vaga ideia de já ter visto uma receita com bulgur e encontrei uma receita que me pareceu deliciosa: salada de frango e rúcula com bulgur. Por não apreciar rúcula, alterei para uma mistura de salada que muito aprecio: chicória, radicchio e canónigos.
Adorei a refeição! As quantidades são para 2 pessoas. Também me pareceu uma sugestão bem simpática para a marmita mas, para tal, as quantidades terão que ser ajustadas.


Ingredientes:
50 g de caju
azeite q.b.
sal q.b.
pimenta Suldouro q.b.
200 g de bifes de peru
800 g de água
½  cup de bulgur
mistura de alfaces para salada (ou rúcula) q.b.



Preparação Thermomix-Bimby:
Colocar os cajus no copo seco e picar 3 seg/ vel 7. De seguida, programe 1 min/ 100º/ colher inversa/ vel colher. Reservar.
Colocar o peru na Varoma (em cima de papel vegetal humedecido), temperar com sal e pimenta e deitar, por cima, um fio de azeite. Reservar.
Colocar no copo a água, no cesto o bulgar e, por cima, a Varoma com o peru. Programar 30 min/ Varoma/ vel 1. Mexer o bulgur a meio da cozedura para cozer por igual.
No final do tempo, cortar o peru em pedaços e reservar.
Numa tigela (de servir), colocar o bulgur, os pedaços de peru e o caju.
No prato colocar uma camada de alfaces e, por cima, o preparado.
Sirva morno.



P.S.: Bem sei que estou em falta com muitos dos blogs que sigo, nos quais mal tenho comentado, mas ainda ando a (re)aprender a gerir o meu tempo devido aos novos horários de trabalho. Infelizmente, o tempo que tenho livre não dá para tudo.



tempo de preparação: 40min
dificuldade: **
vegetariano: não
para crianças: sim
ingrediente principal: bulgur



Siga-me aqui: follow us in instagram follow us in feedly

2013-11-09

receitas | mousse de Oreo

Estava-me a apetecer uma mousse e a última que publiquei foi em Agosto. É demasiado tempo sem mousse! Andava já há algum tempo para fazer mousse de bolachas Oreo mas tinha receio que ficasse demasiado enjoativa com a mistura do leite condensado com as bolachas Oreo. Enquanto procurava os ingredientes na dispensa, encontrei uma lata de leite evaporado que não tem adição de açúcar. Achei que seria o substituto perfeito para o leite condensado. Baseei-me nesta receita de mousse Oreo com algumas alterações. Adicionei o queijo quark lhe dar mais consistência e suavizar o sabor mas é opcional, caso prefira um sabor mais intenso a Oreos.



2013-11-01

receitas | crumble de frutas da época

O desafio da 6ª edição do Dia Uma... Na Cozinha era um crumble de frutas da época. Fiquei felicíssima com o tema porque andava há que tempos para fazer uma receita do Nigel Slater de compost crumble (que vi no 24 Kitchen). Já fiz várias vezes crumble de maçã (usando a receita do Livro Base da Bimby) e foi um sucesso. Adoro massa areada mas esta com sementes achei que deveria ser deliciosa.
Para saber a fruta da época, encontrei esta lista que me ajudou a perceber exactamente que fruta é a da época, até porque actualmente temos durante quase todo o ano imensa fruta fora de época.

compost crumble

2013-10-22

receitas | bolachas de aveia com laranja e pepitas de chocolate

Adoro bolachas caseiras mas ainda não lhes apanhei o jeito. Andava há que tempos para experimentar fazer em casa bolachas de aveia e ao folhear o livro Bake da Rachel Allen deparei-me com uma receita de oatmeal and raisin cookies. Sei que as receitas da Rachel, além de deliciosas, são infalíveis.
Adaptei a receita para o desafio do mês de Outubro - Vamos Fazer Bolachas! Para este mês, o mote é o Outono e uma das sugestões é, precisamente, usar laranja. Outra era usar abóbora mas com tudo o que tenho feito de abóbora ultimamente, não estava para aí virada. E, por isso, escolhi as laranjas.
As bolachas ficaram coma textura fantástica: macias e, simultaneamente, crocantes. Estão absolutamente deliciosas e, claro (como sempre), um nadita queimadas por baixo (culpa minha e do forno, não da receita).
Um dia destes, experimento seguir a receita original que leva baunilha na massa ao invés da laranja.

oatmeal cookies

2013-10-20

receitas | esparguete com bacon e ervilhas

Estava com vontade de comer ervilhas. Ainda me lembrei de fazer um puré de batata e servir ervilhas a acompanhar carne assada mas ía dar uma trabalheira e hoje é Domingo! Por isso, lembrei-me de esparguete.
Encontrei uma receita de fettucini com bacon e ervilhas e achei que era o ideal! Mas, como só tinha esparguete, resolvi fazer esparguete com bacon e ervilhas. Com estas quantidades servem-se quatro pessoas e ainda é uma receita ideal para a marmita.
Segui esta receita mas tive que alterar quase tudo, desde os tempos aos temperos e até nas quantidades.


50

O que caracteriza uma casa por dentro é a interferência da mobília. Entra-se numa casa e é-se logo interpelado por uma cadeira observado por uma mesa redonda medido de alto a baixo por um armário de livros. Que fazer pedir desculpa aos merisistemas secundários abdicar dormir no chão encostar a cara mesmo à gravidade? Eis porque eu durmo sempre reclinada no curvo lombo de Rosalinda ou não eu grande apreciadora de charcuterie.

Ana Hatherly
in 463 tisanas,
Quimera, 2006.



Ingredientes:
1500 g de água
30 g de azeite virgem extra
200 g de esparguete (usei colorido)
1-2 dente de alho (dependendo do tamanho)
150 g de bacon
150 g de ervilhas (congeladas)
1 pacote de natas light (200 ml)
sal q.b.
pimenta Suldouro q.b.
queijo ralado q.b.



Preparação Thermomix-Bimby:
Na Varoma colocar as ervilhas e reservar.
Colocar a água no copo, juntamente com 10 g de azeite e sal, e programar 10 min/ Varoma/ vel 1.
Adicionar o esparguete pelo bocal da tampa e programe o tempo indicado na embalagem/ 100º / colher inversa/ vel colher. (Programei 7min para ficar al dente.)
Escorrer o esparguete e reservar (mantendo quente).
Colocar no copo 20 g de azeite e o alho. Picar 5 seg/ vel 5. (O alho não picou e, por isso refoguei com o alho só desfeito.)
Juntar o bacon e refogar 10 min/ Varoma/ colher inversa/ vel colher com a Varoma (com as ervilhas).
Adicionar as natas e as ervilhas, temperar com pimenta e programar 6 min/ 90º/ colher inversa/ vel colher.
Verter o molho sobre a massa e envolver bem.
Polvilhar com queijo ralado e servir quente.



tempo de preparação: 30min
dificuldade: **
vegetariano: não
para crianças: sim
ingrediente principal: esparguete

Mundo de Receitas Bimby - 03Nov2014



Siga-me aqui: follow us in instagram follow us in feedly

2013-10-14

receitas | delícia de ananás

Nem sei o que chamar a esta delícia. Se pudim, triffle (por ter três camadas) ou cheesecake (por levar queijo) e, por isso, optei por lhe chamar delícia de ananás. Que nome lhe dariam?


Cozinha

Não posso esquecer-me
da distância que ia
da mesa redonda
à gaveta dos talheres;

do que a luz da hora do almoço fazia
com o azul-escuro dos armários,
com a barra que já tinha sido branca;

das dedadas nos copos de vidro,
amarelos,
tão pouca a convicção no detergente,
no esfregão,
nas luvas de borracha,
de todas as mulheres que os lavaram;

das gotas que entravam
por dentro das camisolas
e nos gelavam enquanto desciam
os braços esticados para a grade
(onde esquecíamos a loiça
depois da chuva lenta).


Margarida Ferra
in Curso Intensivo de Jardinagem,
&etc, Maio de 2010, Lisboa.


2013-10-10

receitas | pão de abóbora com especiarias e pistáchio

Apeteceu-me preparar algo para o Halloween. Não é que celebre mas, nesta altura do ano, aparecem sempre coisas giríssimas no Pinterest e fica-se logo com vontade de participar. Para quem celebra, deixo aqui umas etiquetas para o Halloween.
Após algumas pesquisas, tropecei nesta receita da Gasparzinha no Mundo de Receitas Bimby (que também está no blog no soup for you) à qual juntei as especiarias da receita de pão de abóbora da revista Bimby de Setembro de 2013, além de ter trocado as avelãs por pistáchios.

Ainda ponderei em fazer este pão para o Dia Mundial do Pão mas acabei por escolher outro, bastante mais simples.