Em destaque (clicar no título):

receitas | barras de cereais com maçã e canela

Resolvi-me a fazer barras de cereais caseiras para levar para o trabalho e ter um snack saudável para comer a meio da manhã ou a meio da tar...

2017-04-22

DIY | palette coasters

Desde que vi estas bases para copos (coasters) que as adorei. Já tinha visto preços mas, como já tenho tanta coisa em casa, achei que seria desperdício de dinheiro. Até que encontrei um tutorial de como fazer estas bases giríssimas.
Claro que, entretanto, descobri muitos mais tutoriais mas este tutorial com paus de gelado, parece-me o mais simples de tudo. Os outros que vi, com madeira mesmo, o resultado final fica mais bonito mas parece-me bem complicado e dispendioso.


casa | White on white decor

White on white decor




Siga-me aqui: follow us in instagram follow us in feedly

2017-04-21

séries | Netflix • Stranger Things (2016)

Stranger Things é uma série que homenageie as séries clássicas de sobrenatural dos anos '80 da Netflix. A história da série centra-se no desaparecimento de um miúdo e na busca feita pela mãe, o chefe da polícia local e os seus amigos. No decorrer da busca, descobrem um mistério fantástico envolvendo experiências top-secret do governo, terríveis forças sobrenaturais e uma menina muito especial e estranha.
Gostei particularmente da fotografia da série e da fidelidade com que os anos '80 foram retratados. A história é estranha e, ao mesmo tempo, empolgante mas fascinante.
A segunda temporada já foi confirmada e estou desejosa de a ver!


look | plaid coats

plaid coats




Siga-me aqui: follow us in instagram follow us in feedly

2017-04-20

séries | Fringe (2008)

Em vez de falar das séries actuais, resolvi rever aquelas das quais gostei muito. Ou isso ou não há nada que me esteja a puxar para ver actualmente. Na realidade, confesso que não me tem apetecido ver nada do que por aí anda.
Fringe é uma série de fantasia da qual fiquei fã e até triste por ter acabado ao fim de 5 temporadas. Contudo, foi daquelas séries que encerrou mesmo. O final foi um circulo perfeito que resolve tudo o que aconteceu até então. Por aí não tive pena que acabasse e até nisso a série foi perfeita.
A série relata as peripécias de uma agente do FBI que se vê a necessidade de trabalhar com um génio institucionalizado e o seu filho, também ele um génio, para decifrar fenómenos inexplicáveis. No decorrer da série, vão surgindo outras personagens igualmente interessantes e bem desenvolvidas e das quais se fica a gostar imenso. A par da história central, há a história de vida das personagens com uma relação complicada entre pai e filho, uma bela história de amor e ainda universos paralelos.
Esta série lembra os X-Files de 1993 e o Twilight Zone (Quinta Dimensão) de 1959, séries que me cativaram e que igualmente procuravam resolver fenómenos estranhos. A série foi criado pelo J. J. Abrams, entre outros, e isso, para mim, é garantia de qualidade.
Os diferentes genéricos da série contém símbolos, os quais nunca consegui perceber, mas cada genérico relaciona-se com aquilo que se vai passar no episódio.

makeup | (pastel) crayon makeup

(pastel) crayon makeup

2017-04-19

opinião | surto de sarampo e as vacinas

O assunto do dia é a morte da jovem de 17 anos contagiada com sarampo que não resistiu a uma pneumonia bilateral na sequência da infecção.
Apesar de o sarampo estar erradicado em Portugal há 23 anos, altura em que houve uma grande epidemia, entrou em Portugal um bebé de 13 meses vindo da Venezuela (e não vacinado) que contaminou a jovem e uns quantos médicos e enfermeiros no hospital onde a mãe o levou.
Relativamente à jovem que faleceu, a mesma não estava vacinada devido a um choque anafilático que sofreu aos 2 meses de idade e desde aí não voltou a ser vacinada por opção familiar. Ou seja, além de não ter protecção contra o sarampo, também não tinha outras vacinas do Programa Nacional de Vacinação. A mãe da rapariga de 17 anos é anti-vacinas e adepta da homeopatia.
Ora bem, está comprovado que as vacinas previnem várias doenças. Quando era pequena, os miúdos eram todos vacinados e não havia cá essas modernices de ser anti-vacinas. Estou vacinada contra tudo e mais alguma coisa e tenho as vacinas todas em dia!
Este caso singular demonstra a necessidade de vacinar para prevenir doenças sérias e evitar surtos de doenças graves e já erradicadas, como o sarampo.
Não consigo entender esta moda de não vacinar as crianças. Sei que há bastante gente a fazê-lo por razões que me escapam por não fazerem sentido junto com teorias da conspiração bem construídas e que alimentam receios, na minha opinião, infundados.

O #surto ou #epidemia de #sarampo é resultado da estupidez humana para a qual ainda não há vacinas!
— Ana Teles (@TelitaCat) April 19, 2017 

{Abaixo informação detalhada sobre a doença e notícias sobre a temática}

look | THE SPRING PANTONE

THE SPRING PANTONE




Siga-me aqui: follow us in instagram follow us in feedly